Mauro Affonso versão 2020: aos 60 anos, a primeira maratona, com a Mitokondria

Mauro Affonso versão 2020: aos 60 anos, a primeira maratona, com a Mitokondria

1 de fevereiro de 2020 0 Por Paulo Prudente

Em 2020 o Maracanã comemora 70 anos. Sete décadas em que milhares de histórias foram escritas em memoráveis partidas de futebol. Mas do lado de fora, diariamente outras milhares de histórias também são escritas e reescritas. Todos os dias, adeptos das corridas marcam presença cumprindo suas planilhas de treino. Histórias como a do representante comercial Mauro Affonso, atleta da Mitokondria Clube de Corrida. Mauro completa 60 anos em 2020 e resolveu lhe dar de presente a primeira maratona. Confira!

Quando e como começou a correr?

Sempre pratiquei corrida e outros esportes, por hobby, saúde e prazer. Sempre de forma amadora, sem acompanhamento profissional, sem competições. Até que, por conta da minha vida profissional, acabei me distanciando do esporte. Após alguns anos longe da atividade física, no fim de 2017, fui incentivado por um amigo a voltar a correr. Desta vez, acompanhado por uma assessoria – divisor de águas na minha relação com a corrida. Recomecei efetivamente a correr no início de 2018, visando unicamente à saúde, mas de forma mais séria e regrada.

 

Quando bateu a vontade de correr uma maratona?

Ao fim de 2019, comecei a cogitar correr uma maratona, sonho que acredito ser de todo corredor. Conversei com os professores da minha equipe, que apoiaram a ideia com uma particularidade importantíssima: decidimos que seria em 2020, ano em que completo 60 anos de idade. Mas levei algum tempo pra decidir, avaliando principalmente a rotina de treinos intensos que serão necessários este ano. Decidi pela Maratona Internacional de Florianópolis, em agosto.

 

Como tem sido sua evolução?

Minha rodagem semanal em torno de 30 a 35km /semana, me condicionou bem para provas de 5 km. Como tenho mais facilidade com a velocidade que propriamente a resistência, essa foi uma tendência natural , aos sábados dia dos longões, treinava entre 12 e 15 km. Com o passar do tempo e com a melhora da forma física, comecei a gostar de distâncias maiores e comecei a participar de provas mais longas.

A primeira meia que corri, foi a Rio City Half Marathon, prova linda que larga no Recreio e chega em São Conrado. O tempo todo pela orla. A segunda foi a Asics Golden Run e a terceira, a Rio S-21K.

 

O que espera desta jornada de treinos?

Talvez mais difícil que propriamente correr a Maratona, não sei… precisarei rodar cerca de 80 km / semana , tendo que conciliar família, trabalho, academia, pois é preciso fortalecimento muscular. Então tenho pleno conhecimento das dificuldades que me esperam, mas estou determinado a cumprir as planilhas de treinos e atingir meu objetivo principal.

 

Ansiedade é um problema pra você?

Diria que sim, por mais que entenda que tudo vem a seu tempo, reconheço que às vezes exagero buscando melhores resultados, mas sei que não é assim que acontece, descanso também é treino!

 

O que é mais difícil: controlar a vontade de treinar muito, em excesso, ou a ‘preguiça’, que pode bater de vez em quando?

No meu caso, acho mais difícil controlar a vontade não de treinar muito, mas de treinar com mais intensidade, ou seja, as planilhas de treino são totalmente individualizadas. Frequência cardíaca, pace, distâncias… Tudo é considerado e deve ser seguido. Mas na maioria das vezes quero fazer mais que o prescrito e isso é péssimo para o resultado final.

 

Qual a importância da assessoria nesta jornada?

Fundamental! Vejo como o encontro feliz da ciência com o esporte. Treino com a Mitokondria, com treinadores profissionais de educação física, devidamente registrados no conselho profissional e todos corredores muito experientes, com anos e anos de bagagem no esporte. O Antônio Carlos, por exemplo, líder da Mitokondria, tem 42 anos de prática e 37 anos de educação física, com licenciatura plena e pós-graduação em fisiologia, ou seja… além da prática, que muitos apregoam que o treinador deveria ter, tem a parte teórica também, correu sua primeira maratona em 15 de novembro de 1980.

Além do profissionalismo que a equipe entrega, o ambiente é o melhor possível, muito prazeroso. Nos reunimos de segunda a sexta de 6h30 as 9h no portão B do Maracanã. Além dos treinos de corrida, acontecem as aulas de biomecânica e funcional. Aos sábados, dias dos longões, vamos para a Lagoa, Floresta da Tijuca, Paineiras… Fiz bons amigos na equipe!